Principais ameaças

Um dos principais problemas associados à água está relacionado com a sua disponibilidade, quer seja devida a uma redução temporária da quantidade disponível, habitualmente devida a uma precipitação insuficiente num determinado ano, quer seja por uma situação de longa duração em que as necessidades de água excedem os recursos hídricos disponíveis para exploração em condições sustentáveis. Este problema afeta várias regiões por todo o planeta e as alterações climáticas têm vindo a contribuir para o seu agravamento exigindo cada vez mais uma combinação de esforços a nível mundial para o contrariar. A Europa não é exceção, com várias regiões a sofrer com situações de escassez de água, levando a que surjam orientações de aplicação, pelos estados membros, de normas de gestão dos problemas de escassez de água e de seca.

No entanto, nos dias de hoje, as questão relacionadas com a água, ultrapassam largamente o seu aspeto quantitativo, assumindo também um carácter qualitativo. O crescimento demográfico e tecnológico que vivemos estão diretamente relacionados com a degradação da qualidade da água. À medida que as civilizações aumentam, aumenta a necessidade de água e a poluição da mesma.

Os principais problemas de poluição da água devem-se sobretudo aos esgotos domésticos, às atividades agrícolas e à crescente industrialização. A indústria e a agricultura a par de contribuírem para a degradação da qualidade da água fazem um mau uso deste recurso que leva ao desperdício de grandes quantidades.